Pergunte à June Smerth

Jornalismo não levado à sério

Lily Allen em São Paulo

with one comment

Lily Allen canta para 4 mil pessoas na capital paulista

 Pela segunda vez no país, a cantora britânica mostra hits do seu mais recente álbum “It’s not me, it’s you”

 

Na última quarta-feira (16), a cantora Lily Allen se apresentou no Via Funchal, em São Paulo, para aproximadamente 4 mil pessoas, um público relativamente grande, já que o show ocorreu no meio da semana e os ingressos custavam entre R$ 120 e R$ 280 reais.

 Lily subiu ao palco pouco depois das 22 horas, iniciou o show com “Everyone´s at it”, música do novo álbum, “It’s not me, it’s you”. Além de apresentar as canções novas, Lily animou os fãs com canções do seu primeiro álbum “Smile”, cuja faixa-título, ao ser cantada, fez o público vibrar com a cantora dançando sensualmente em cima do palco. A cantora também apresentou versões das músicas “Oh My God”, da banda Kaiser Chiefs, e “Womanizer”, de Britney Spears – esta última, a primeira do bis, quando voltou descalça ao palco.

Com um shorts azul curto, uma blusa cinza e sapatos altíssimos, Lily Allen esbanjou sensualidade. Após “Everything’s just wonderful”, Lily tirou a blusa, ficando com uma regata escura que deixava as costas nuas e, ainda, para delírio dos fãs ameaçou mostrar os seios durante o hit “The Fear”. Se na roupa o truque foi nada de excessos, na maquiagem a cantora ousou mais: batom roxo e cores da bandeira do Brasil faziam parte do conjunto.

 

Durante todo o show, a cantora mostrou-se entusiasmada, pulando de um lado para o outro. Devido à vigência da lei anti-fumo, Lily aderiu a um cigarro eletrônico durante a apresentação, revezando este com um copo contendo um líquido meio esverdeado. Sobre o primeiro show feito no Brasil, ano passado, no Festival Terra, a cantora admitiu que “estava muito bêbada”, mas que recompensaria seus fãs. E foi exatamente isso que fez, com uma apresentação cheia de energia, sorrisos, elogios ao público brasileiro – em frases como “You’re fucking brilliant, the best ones” ou em gestos, como ao se enrolar em um pano com imagens da bandeira do Brasil – e uma voz super afinada.

Sempre lembrada por seu jeito ácido e sem papas na língua, Lily fez todos os fãs presentes gritarem o refrão com ela em “Fuck You”, música dedicada ao ex-presidente americano George Bush, momento em que até o mais retraído fã criou coragem para, assim como a cantora, mostrar o dedo do meio para toda e qualquer hipocrisia, seja na música ou na política.

 O público, em sua quase absoluta maioria, era formado por jovens – no máximo, pais moderninhos eram avistados -. Meninos com suas calças justíssimas e camiseta de banda; e meninas com o conjunto vestido vintage e tênis – visual consagrado por Lily – mostravam que sabiam todas as músicas, fazendo um coro que algumas vezes ultrapassava a voz da própria cantora. 

Written by June Smerth

26/09/2009 às 11:27 pm

Publicado em shows

Uma resposta

Subscribe to comments with RSS.

  1. I Love Lily Allen

    Heloisa

    29/11/2009 at 11:58 am


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: